Hebreus 1:6 e a Tradução do Novo Mundo


Não se contente com uma análise superficial do assunto. Veja porque a Tradução do Novo Mundo e muitas outras versões verteram Hebreus 1:6 da mesma forma. Perceberá que PROSKINEO quando se refere a Jesus não deve ser vertido “adorem” mas sim “lhe prestem homenagem”.
 
As Testemunhas de Jeová reconhecem a Divindade de Cristo. Mas não que ele seja a Divindade Suprema. A palavra “Deus” (THEÓS)  é usada nas Escrituras não somente para se referir ao Ser Supremo, Jeová (IHVH) mas também a outros seres poderosos ou que possuem autoridade e poder concedidos por Jeová. Exemplo, os anjos são chamados de “deuses” no Salmo 8:5.
Moisés foi chamado de “Deus” (hebraico ELOHIM veja Exodo 7:1), devido a autoridade e poder que Jeová lhe concedeu! Por isso estes seres são considerados Divindades neste sentido. Jesus com maior propriedade deve ser considerado assim.
 

As TJ CONSIDERAM JESUS UMA DIVINDADE.

 
Os que afirmam que as TJ “negam a Divindade de Jesus” estão mentindo.(escrevi um artigo sobre isso aqui) Na verdade o que eles querem dizer é que as TJ negam que Jesus seja “Deus” , o Ser Supremo em forma humana. Sim, as TJ negam isso de acordo com as Escrituras Sagradas, Jesus comparece “perante Deus” (Hebreus 9:24) Jesus tem alguém a quem ele é subordinado e a quem chama de “meu Deus” 4 vezes mais de 60 anos depois de ter subido ao céus. (Apocalipse 3:12) Então é óbvio que , visto que Jesus disse que “O Pai é maior do que eu” (João 14:28)e que seu Pai é “O Único Deus Verdadeiro” (João 17:3) é claro que as Igrejas Evangélicas estão distorcendo as Escrituras Sagradas. Isto explica tanta maracutaia e corrupção no meio evangélico. Para saber em detalhes sobre Hebreus 1:6 veja o link abaixo.
 
 
 
Hebreus 1:6 e a Tradução do Novo Mundo clique aqui
 
Para uma consideração a respeito de João 1:1 feita por um dos mais respeitados eruditos clique aqui
Post a comment or leave a trackback: Trackback URL.

Comentários

  • Sunamita Fonseca  On 27 de março de 2012 at 0:13

    Quando começamos a estudar o ensinamento das Testemunhas de Jeová sobre Jesus, logo veremos que o ponto crucial da questão é se Jesus é ou não um ser criado. As Testemunhas de Jeová, quando pressionadas, admitirão que Jesus é “um deus” ou que ele é um tanto divino. Mas sua crença básica sobre Jesus é que ele é um ser criado. Como tal, ele não é digno de adoração, como o Pai o é.

    Naturalmente, se Jesus é um ser criado, então as Testemunhas de Jeová estão certas em não adorá-lo. O próprio Jesus disse, em Mateus 4:10 (quando ele se recusou a adorar Satanás): “Retira-te, Satanás, porque está escrito: Ao Senhor, teu Deus, adorarás, e só a ele darás culto”. Este é um dos trechos favoritos das Testemunhas de Jeová em suas tentativas para mostrar que Jesus não deve receber adoração como o Pai.

    A palavra grega para adoração nesta passagem é proskuneo, que literalmente significa “beijar a mão a alguém.” A Bíblia uniformemente condena a adoração de tudo que é criado. Quando ele descreveu a degradação pagã dos gentios em sua idolatria. Paulo disse em Romanos 1:25, “Pois eles mudaram a verdade de Deus em mentira, adorando e servindo a criatura em lugar do Criador, o qual é bendito eternamente. Amém!”
    … …

    Jesus recebeu adoração e nunca reprovou ninguém que o adorasse

    Por causa de Pedro rejeitar a adoração de Cornélio, e do anjo rejeitar a adoração de João, é especialmente surpreendente que os escritores da Bíblia usem a palavra adoração (proskuneo) do próprio Jesus quatorze vezes no Novo Testamento. Jesus aceitou essa adoração e nunca reprovou aqueles que o adoraram!

    Em Mateus 2:1-2: “…vieram uns magos do Oriente a Jerusalém. E perguntavam: Onde está o recém-nascido Rei dos judeus? Porque vimos a sua estrela no Oriente e viemos para adorá-lo”.

    Semelhantemente, em Mateus 2:11: “Entrando na casa, viram o menino com Maria, sua mãe. Prostrando-se, o adoraram….”

    As Testemunhas de Jeová podem replicar que estes eram apenas pagãos ignorantes. Mesmo que isso fosse verdade, concordemos que eles cometeriam idolatria se Jesus fosse uma criatura. Observe algumas passagens mais adiante.

    Em Mateus 8:2, temos este registro: “E eis que um leproso, tendo-se aproximado, adorou-o, dizendo: Senhor, se quiseres, podes purificar-me.”

    Alguém poderia asseverar que este homem também adorou Jesus em ignorância. Ainda assim, ele seria um idólatra se Jesus é, como as Testemunhas de Jeová asseguram, um ser criado.

    Novamente, em Mateus 9:18: “… um chefe, aproximando-se, o adorou e disse: Minha filha faleceu agora mesmo; mas vem, impõe a mão sobre ela, e viverá.”

    Em Mateus 14:33, passamos dos possíveis pagãos ignorantes para os próprios apóstolos de Cristo. Depois que Jesus salvou os apóstolos da tempestade no mar da Galiléia, “…os que estavam no barco o adoraram, dizendo: Verdadeiramente és Filho de Deus!”

    Se Jesus fosse uma criatura, não parece estranho que, diferentemente de Pedro e do anjo que rejeitaram adoração, Jesus a aceitasse? Jesus nunca reprovou qualquer ato de adoração oferecido a ele.

    Em Mateus 15:25, uma mulher cananéia “…veio e o adorou, dizendo: Senhor, socorre-me!” sem repreensão de Jesus. Em Mateus 20:20, “Então, se chegou a ele a mulher de Zebedeu, com seus filhos, e, adorando-o, pediu-lhe um favor.” Até então, Jesus tinha ensinado os apóstolos durante quase três anos e é óbvio que ele não lhes tinha ensinado a doutrina da Sociedade Torre de Vigia. Eles pensavam que era inteiramente correto adorar a Cristo!

    Em Mateus 28:9, depois de três anos e meio com Jesus e depois de sua ressurreição, Maria Madalena e a outra Maria estavam correndo para dar a notícia aos seus discípulos. “E eis que Jesus veio ao encontro delas e disse: Salve! E elas, aproximando-se, abraçaram-lhe os pés e o adoraram.” No versículo 17, quando os onze discípulos encontraram Jesus na Galiléia, “E, quando o viram, o adoraram; mas alguns duvidaram.”

    Encontramos exemplos semelhantes em Marcos 5:6-7 e João 9:38. Queremos também notar especialmente Lucas 24:51-52, que aconteceu depois da ressurreição de Jesus: “Aconteceu que, enquanto os abençoava, ia-se retirando deles, sendo elevado para o céu. Então, eles, adorando-o, voltaram para Jerusalém, tomados de grande júbilo.”

    Não é estranho que, se Jesus fosse um ser criado, os apóstolos não perceberiam isso até o ponto quando Jesus ascendeu ao céu? Por que Jesus não lhes ensinou mais perfeitamente neste assunto?

    Contudo, algo ainda mais estranho existe. Em Hebreus 1:6, Deus disse de Jesus: “E, novamente, ao introduzir o Primogênito no mundo, diz: E todos os anjos de Deus o adorem.”

    Assim, se as Testemunhas de Jeová estão certas quando dizem que Deus criou Jesus, então não somente temos os apóstolos envolvidos em idolatria, mas Jesus aceitou a adoração idólatra deles. Também temos os anjos do céu envolvidos em adoração idólatra de Jesus, e Deus é quem está por trás de tudo!

    Ainda mais, em referência a Jesus em Apocalipse 5:13-14, temos: “Então, ouvi que toda criatura que há no céu e sobre a terra, debaixo da terra e sobre o mar, e tudo o que neles há, estava dizendo: Àquele que está sentado no trono e ao Cordeiro, seja o louvor, e a honra, e a glória, e o domínio pelos séculos dos séculos. E os quatro seres viventes respondiam: Amém! Também os anciãos prostraram-se e adoraram.”

    Observe que toda criatura adorava Jesus! Por esta afirmação, vemos que Deus não criou Jesus porque 1.cada criatura o adorou, e 2. Ele recebeu essa adoração.

    Por estes exemplos podemos ver que somente um ser não criado, divino, deve receber adoração (Mateus 4:10, Romanos 1:25). Jesus recebeu adoração, sem censura, de homens mandados a adorá-lo pelo próprio Deus. Portanto, Jesus é um ser divino, não criado por Deus.

    Isto é exatamente o que está errado na base do ensinamento das Testemunhas de Jeová sobre Jesus. Elas não adoram a Jesus. Em João 5:22-23 Jesus disse, “E o Pai a ninguém julga, mas ao Filho confiou todo julgamento, a fim de que todos honrem o Filho do modo por que honram o Pai”.

    Isto é exatamente o que as Testemunhas de Jeová não fazem. Eles recusam honrar o Filho assim como honram o Pai.

    Curtir

  • queruvim  On 27 de março de 2012 at 4:12

    Sunamita,

    Este texto que copiou e colou aqui foi escrito por Samuel G. Dawson. Sugiro que estude o assunto pessoalmente. Cantar e louvar é bom, mas mais estudo sério das Escrituras faria bem para os Evangélicos. Os textos que este artigo de Samuel G. Dawson cita oferece como tradução da palavra grega PROSKINEO a opção “adorar”.

    Exemplo, Em Mateus 2:1-2: “…vieram uns magos do Oriente a Jerusalém. E perguntavam: Onde está o recém-nascido Rei dos judeus? Porque vimos a sua estrela no Oriente e viemos para adorá-lo (em grego PROSKINÉO)”.

    Contudo, nem todas as traduções da Bíblia verteram a palavra PROSKINEO aqui em Mateus 2:2 por “adorar”.

    Darby Bible Translation verteu por “viemos…para prestar-lhe homenagem”
    A Tradução do Novo Mundo segue a mesma linha. Antigamente jamais se pensaria em “adorar” um Rei numa ocasião de visita um monarca. Verter PROSKINEO neste e nos outros textos citados no artigo de Dawson, evidentemente revela tendencia teológica. Ou acha que seria correto um visitante “adorar” um Rei ?
    Em todos os textos citados por Samuel G. Dawson o ato apresentado se refere ao costume de se prostrar em reverência diante de uma pessoa em sinal de respeito. Não tem nada que indique que se referia a “adoração” como é entendida hoje no ocidente.

    Raciocine um pouco sobre Marcos 5:6 onde a palavra “PROSKINEO aparece.
    Lemos que um homem possesso pelo demônio “prostrou-se” (em grego uma forma de PROSKINEO ) diante de Jesus.

    Assim como os textos citados no artigo de Dawson, a Tradução João Ferreira de Almeida preferiu verter ERRONEAMENTE proskinéo por “adorou-o”.
    Na Almeida lemos:

    “E, quando viu Jesus ao longe, correu e adorou-o ”
    http://www.bibliaonline.com.br/acf/mc/5

    Será que visto que a palavra PROSKINEO aparece alí , então este espirito do mau ADOROU JESUS ? Ou é a escolha de tradução uma de mal gosto?
    É obvio que foi uma escolha infeliz da versão Almeida.

    Você mesmo Sunamita reconhece a tradução ALTERNATIVA ACEITÁVEL ao citar PROSKINEO como significando: “beijar a mão de alguém” ou como diz o Vines Expository Dictionary debaixo da palavra :

    1.PROSKUNEO…,prestar homenagem, reverenciar (de pros, para com, e kuneo, beijar )

    O contexto é que determina que tipo de PROSKINEO deve ser vertido.

    Gen 23:7, 12.LXX diz que Abraão “prostrou-se” (PROSKINEO) diante dos nativos, os filhos de Hete. Estava Abraão adorando a estes ? Esaú, diante de Jacó .Gen.33:3, 6, 7.LXX (Versão Septuaginta Grega) Daniel diante de Nabucodonosor. Daniel 2:46,LXX.

    Em revelação 3:9 se traduzíssemos PROSKINEO por “adorar” Jesus estaria promovendo justamente o que ele disse que é errado! Eu os farei vir e “prostrar-se diante ” dos seus pés é a tradução mais correta.

    Visto que Jesus é o Filho de Deus ele certamente MERECE REVERENCIA E HOMENAGEM e é justamente neste ponto onde os que tem uma tendencia de desviar da verdade começam a se complicar achando que Jesus deve ser adorado, quando na verdade o próprio Jesus disse :

    : “Vai-te, Satanás! Pois está escrito: ‘É a Jeová, teu Deus, que tens de adorar e é SOMENTE A ELE que tens de prestar serviço sagrado.’” Mateus 4:10

    A própria mãe de Salomão fazia isso ao entrar nos aposentos de Salomão.

    Ademais em Apoc. 5:14 não diz que “adoravam a Jesus”

    O ato de adoração alí foi feito com referencia a pessoa de Jeová, o Pai. Jesus qual porta voz de Deus estava alí recebendo, não adoração, mas reverência, ao passo que seu Deus e Pai recebia adoração. Da mesma forma que as pessoas ao entrarem na frente de Salomão ou Davi, o Rei ,se curvavam, isso não queria dizer que os que assim faziam estavam se curvando diante dos servos de Davi que ficavam a sua direita ou a sua esquerda. Jesus quando citou Deuteronômio não disse que é “ao Senhor” que se deve adorar. Usou o Nome de Deus, “Jeová”, que especifica o Deus Todo Poderoso. Somente Ele é quem deve ser adorado. Preste atenção ao texto de Mateus 10:4 “somente Ele” o Pai é que deve ser adorado.

    As palavras finais deste artigo escrito por Dawson revela contenda teologica e não interesse na verdade da palavra de Deus. A afirmação de que as Testemunhas de Jeová se “recusam honrar o Filho assim como honram o Pai”, não condiz com o que o exemplo tem mostrado no dia a dia.

    Afinal, quem é que tem seguido as orientações de Cristo por não se envolverem no mundo com sua politica partidária muitas vezes corrupta? Quem tem pregado as “boas novas do Reino” assim como Jesus predisse em Mateus 24:14?

    Quem tem seguido a orientação de “não tomar a espada” em época de conflitos sangrentos? Mateus 26:52 (Veja que vergonha a igreja Evangélica em época de conflitos armados)

    São por acaso as TJ que tem desonrado o nome de Cristo por se envolverem todos os dias com escândalos de evasão de divisas, corrupção, formação de quadrilha, enriquecimento ilícito e inadimplência? NÃO SÃO OS DA CRISTANDADE, especialmente muitos dos chamados evangélicos que estão fazendo isso ?

    “Tornai-vos cumpridores da palavra e não apenas ouvintes, enganando-vos com falsos raciocínios” escreveu Tiago. Tiago 1:22

    Não é de admirar que Jesus tenha dito:

    “Por que me chamais de Senhor, Senhor, quando não fazeis o que eu digo?” Lucas 6:46

    Curtir

  • Fábio  On 21 de maio de 2012 at 1:44

    Boa!

    Curtir

  • Saga Oliveira  On 28 de junho de 2012 at 18:09

    “é especialmente surpreendente que os escritores da Bíblia usem a palavra adoração (proskuneo) do próprio Jesus”

    A palavra para Adoração propriamente dita é “Latria” (A ICAR reconhece isso dizendo que este é o culto devido apenas a Deus no caso deles, o Deus Trino). Mas “Latria” nunca é usado para Jesus.

    “Proskeneo” é usada também para homens, para professores, amos e reis. Logo é redundante insistir no ponto dessa palavra.

    Curtir

  • Saga Oliveira  On 28 de junho de 2012 at 18:24

    “Ainda mais, em referência a Jesus em Apocalipse 5:13-14, temos:[…] Também os anciãos prostraram-se e adoraram”

    Adoraram o que ou a quem? Será a duas pessoas? Ou a três?

    ACF diz aqui “adoraram Aquele que vive para todo sempre” [Textus Receptus). Ora Apocalipse 4:9 um pouco antes diz o que ?

    (Apocalipse 4:9-10) 9 E sempre que as criaturas viventes dão glória, e honra, e agradecimento AO QUE ESTÁ SENTADO NO TRONO, AQUELE QUE VIVE PARA TODO O SEMPRE, 10 os vinte e quatro anciãos prostram-se diante DAQUELE QUE ESTÁ SENTADO NO TRONO e adoram AQUELE QUE VIVE PARA TODO O SEMPRE.

    Como “O Sentado no Trono” não é o Cordeiro, só pode ser o Pai, o Espírito Santo ele não é, pois o Espírito de Deus não é uma pessoa nessa cena e sim as “Lâmpadas de fogo acesas diante do Trono” (Ap 4:5) e os Olhos do Cordeiro” (Ap. 5:6).

    Logo este trecho da visão de João em Ap 4 e 5 não é nada trinitário, não tem 3 Tronos, nem 3 Todo Poderosos, nem Deus Com 3 Cabeças ou nada que indique a deidade trina. Nessa cena, Deus é um só. O Cordeiro é alguém distinto e separado e o espírito de Deus é algo e não alguém.

    Curtir

  • mario silva  On 7 de setembro de 2015 at 0:58

    Oi,sou Mario Silva,eu não defendo nem uma denominação…maaasss…defendo O Messias,os amigos da TJ são muito bons em tentar tirar a divindade e a absoluta adoração do cordeiro,mas nunca vão conseguir,e sabem por que?
    e simples e só examinar as escrituras para não errar,como o Mestre nos orientou,Bom se vcs prestarem atenção Deus estava sendo adorado em Ap 4:10,mas como fio isso,em silencio? claro que não,os versículos dizem que Ele e “Digno” de receber toda glória,honra e o poder,Ele recebeu isso quando os vinte e quatro ancião se prostraram diante de seu trono e o ADORARAM,e ADORARAM como com a boca fechada,e eu digo a vocês e claro que não,adorar e falar,e usar a VOZ mesmo,e com o som das palavras em ADORAÇÃO.
    Bom,se adoração e ficar caladinho ali parado,sem dizer nada,não pode ser adoração só porque estão prostrado,se observarmos a gora Ap.5:8,logo que tomou o rolo de livro,os quatros seres e os vinte e quatro anciãos se prostraram, se prostraram diante de quem?,do “Cordeiro”,e em seguida Ap.5:12 começa dizendo claramente; “proclamando com grande VOZ:Digno é” de quem se refere novamente? do cordeiro…de receber poder,e riqueza,e sabedoria ,e força,e honra e glória,e o louvor,se isso não for ADORAÇÃO vai se o que?!!
    Uma simples “homenagem” ha por favor favor né!
    E o mais incrível que no versículo 13 realmente tanto o PAI quando o FILHO são ADORADOS por uma legião de TODA criatura existente,com as mesmas palavras e sons de adoração.
    Já no versículo 14 se repetem para o PAI todas essas coisas,só que é evidente que se refere as mesmas palavras de adoração.
    Bom,com isso eu pergunto aos amigos TJ o Messias foi ou não foi ADORADO!

    Curtir

  • Saga  On 8 de setembro de 2015 at 0:28

    A passagem em questão de Apocalipse não disse que o Cordeiro foi a-do-ra-do, embora diga que é digno de ser honrado, louvado e glorificado, tal passagem não endossa a cristolatria das igrejas católicas e protestantes.

    Entretanto o fato é que enquanto nessa passagem os seres celestiais elogiam a Jeová o adorando pelo fato de ele ser o Deus que criou todas as coisas…eles não adoram a Cristo como o Deus Criador mas sim o louvam por ser o Cordeiro de Deus que derramou seu sangue para comprar pessoas para o seu Deus: Jeová.

    Deus não é cordeiro de ninguém, sendo Ser Espiritual não pode ser morto e nem tem sangue para ser derramado, então é impossível que estas palavras ao Cordeiro tenham sido enunciadas para adorar um suposto “Deus-Cordeiro”, o ato de sacrifício foi oferecido por um homem mortal e é neste qusito que ele está sendo honrado, louvado e glorificado, por ter cumprido a missão que lhe foi dada por Jeová de se sacrificar por pessoas pecadoras, derramando seu sangue…

    O fato de Jesus Cristo ser o “Cordeiro” já diz tudo, em um altar os ofertantes e os sacerdotes adoram o Deus a quem é oferecido o sacrifício, não estão ali para adorar o animal sacrificado para consumar o sacrifício de adoração. Quer dizer, a posilão de cristolatria que as igrejas ensinam só faria sentido, se no Antigo Testamento os ofertantes e sacerdotes adorassem os cordeiros cujo sangue era derramado no altar de Deus.

    Notem:
    1- ADORADORES DE DEUS
    2- A OFERTA DE ADORAÇÃO PARA DEUS
    3- O DEUS A SER ADORADO

    Cristo serve como Cordeiro, como Mediador e como Sumo Sacerdote que nos aproxima de Jeová Deus no grande altar celestial, só não serve como o próprio Deus (se este fosse o caso, seriam necessários mais mediadores entre nós e Cristo; e é por isso que o Catolicismo inclui aí Maria e os Santos neste papel)
    .

    Honrar, louvar e glorificar não são termos exclusivos para a adoração de Deus, se tivermos de destacar um termo que sempre é usado apenas o culto divino, este termo é latria (o mesmo latria de palavras como “idolatria” e de “mariolatria”)
    Como segundo Mt 4:10 apenas Jeová deve receber latria, aqueles que prestam latria a mais dois personagens além de Jeová são culpados de idolatria.

    Agora parem de inventar desculpas para cumprir o que o Senhor Jesus ensinou em Mateus 4:10.

    “Tornai-vos cumpridores da palavra e não apenas ouvintes, enganando-vos com falsos raciocínios”. Tiago 1:22

    “Por que me chamais de Senhor, Senhor, quando não fazeis o que eu digo?” Lucas 6:46

    Curtir

  • A Serviço do Reino  On 8 de setembro de 2015 at 9:19

    Novamente Mário Silva, vou responder suas questões. (Deixei outra resposta pra você no tópico sobre as perguntas a respeito da Trindade).

    Nós TJs não negamos a divindade de Cristo. Isso é divulgado nos meios anti-TJs como se fosse verdade, mas é um erro. Não negamos a divindade de Cristo, mas entendemos esse termo diferentemente do que os trinitários entendem.

    Ao dizer que Jesus tem divindade, os trinitários entendem que esse termo que dizer que Jesus é o mesmo Deus que seu Pai é. Mas essa palavra quer dizer apenas que Jesus possui natureza divina. E possuir natureza divina não é a mesma coisa de ser O Deus Todo Poderoso.

    Pra exemplificar, anjos tem divindade. Afinal, moram no céu. Possuem corpo espiritual, assim como Jesus e Jeová. Então eles também tem natureza divina, mas não são o mesmo Deus que Jeová.

    Da mesma forma, a bíblia relata que aqueles humanos que vão pro céu reinar com Jesus vão ter a mesma natureza dele. Vão ter a natureza divina de Jesus ou divindade, conforme relata 2 Pedro 1: 2-4 ou Colossenses 2:9,10.

    Sobre Jesus ser adorado, é um erro usar Apocalipse 5:12. Os textos não mencionam a palavra adoração, evidenciando assim uma diferença entre prestar homenagem à alguém ou adora-lo.

    Agora sim, em Apocalipse 5:14 ao se mencionar a pessoa do Pai junto, “aquele sentado no trono ” (v. 13) e que “vive pra todo sempre” (Apocalipse 4: 2-11), é ditos que os anjos adoram.

    A bíblia Almeida Corrigida, Revisada e Fiel diz assim nesse verso: “E os quatro animais diziam: Amém. E os vinte e quatro anciãos prostraram-se, e adoraram AO QUE VIVE PRA TODO SEMPRE.” (Apocalipse 5:14)

    Portanto, a bíblia só fala em adoração quando se refere ao Pai Jeová, “aquele que está sentado no trono e que vive pra todo o sempre”.

    Mas quando se fala só de Jesus, o Cordeiro (v.12), não é mencionado adoração.

    Curtir

  • mario silva  On 9 de setembro de 2015 at 2:14

    Mario Silva.

    Oi, desculpa pelas letras um tanto próximas, mas obrigado pela dica, kkk!

    Bom, mas vamos lá, Eu não faço parte de cristolatria de igrejas católicas e protestantes e muito menos de trinitários, e só pra ficar claro, não que vc tenha achado isso e mencionado e claro.

    Eu sou apenas um alguém que defende as escrituras dentro de um livro chamado bíblia inventado por homens, que colocam e tiram palavras só para confundir a queles que nelas se achegam, eu abomino isso.

    Bom, mas eu fico á pensar meu amigo, o fato de não a ver a palavra adoração em Ap:5-12, vc diz que Ele não foi adorado, me da a impressão de que deveria também estar escrito TRINDADE para provar a existência de trez pessoa da divindade dos trinitários, Ele foi adorado meu amigo a sim como foi adorado o Pai, pois os dois foram Dignos de receber toda as palavras de honra, sem mais e nem menos, sem diferença de um e de outro, as mesmas palavras.

    Lá não esta escrito essa ou a quela palavra tem diferença de valores ou de sentido, não na quele momento!

    “- Bom essa palavra agora e no sentido de elogio, – Ha bom mas agora essa mesma palavra vai ser agora de adoração.”

    Ve não tem sentido, não na quele momento único majestoso, em que sua essência estava a li na presença de todos “simbolizando” seja lá Cordeiro, Leão de judá, Pão da vida, etc, era penas um titulo, mas sim o Primogênito de toda a criação inclusive de todos que estavam a li adorando, (Colossenses 1:15) E o significado desse versículo e que o Messias ocupa o posto e preeminência do primogênito sobre todas as coisas, que Ele sustenta a posição mais exaltada no universo, que Ele é preeminente sobre todos os outros e é o cabeça de todas as coisas. Sim meu amigo Ele foi ADORADO não precisa esta escrito para entender isso.

    Ha sobre o outro estudo eu respondo por aqui já que estou quebrando algumas regras por lá, se me permite.

    “Só existe uma força poderosa e única no universo, seu nome é JEOVÁ , O DEUS TODO-PODEROSO.”

    Tente separar os TRÊS (é a sim que escreve né) E tente explica de onde veio cada um DEles, se não são da mesma essência, da mesma natureza, só podem ser mesmo “único” no JEOVÁ O DEUS TODO-PODEROSO.

    Quanto o espírito (Espírito Santo), Uma força ativa pode sentir ciúmes? (Tiago 4:5)

    Pode sentir tristeza? (Efésios 4:30)

    Pode pode falar,se fala tem boca,tem boca tem todo o resto,pode interceder? (Romanos 8:26-27)

    Se é apenas uma “força ativa” como tem esses “sentimentos”?

    Abraç!

    Curtir

  • Daniel Oliveira  On 9 de setembro de 2015 at 9:22

    Sr Mário Silva, vamos analisar algumas contradições suas….

    Mário disse: “E tente explica de onde veio cada um DEles, se não são da mesma essência, da mesma natureza, só podem ser mesmo “único” no JEOVÁ O DEUS TODO-PODEROSO.”

    Resposta: Se assim fosse, os anjos também fazem parte de Jeová, pois são pessoas que também tem natureza divina (divindade) e são chamados de Deuses nos manuscritos e versões hebraicas. (Salmos 8:5)

    Se assim for também, os eleitos salvos que vão pro céu também fazem parte de Jeová, visto que vão ter a mesma plenitude da divindade de Jesus e vão possuir a mesma natureza divina. Confirme isso lendo por favor 2 Pedro 1: 2-4 e Colossenses 2:9,10.

    É nisto que acredita? Que ter natureza divina é ser Jeová? Se acredita nisto, terá que admitir que anjos e os humanos salvos também são Jeová.

    (Toquei neste assunto na resposta passada e você não respondeu. Estou voltando a repeti-la e aguardo uma resposta).

    Na próxima resposta analiso outras indagações suas.

    Curtir

  • Daniel Oliveira  On 9 de setembro de 2015 at 9:30

    Mário disse: “Ele foi adorado meu amigo a sim como foi adorado o Pai…Lá não esta escrito essa ou a quela palavra tem diferença de valores ou de sentido, não na quele momento!”

    Resposta: Cristo não foi adorado. O verso não diz isso. Não coloque palavras no verso que não tem. Isso é você que está acrescentando na bíblia.

    Você deve ler em consideração todo o contexto bíblico ao fazer uma doutrina. E todo o contexto bíblico mostra Jesus como sendo o Filho de Deus, não o próprio Deus.

    E sim, a palavra “proskyneo” ora tem sentido de homenagem, ora tem sentido de adoração. Quem diz não são as TJs, e sim dicionários e léxicos bíblicos feitos até por trinitários.

    Pra saber se a palavra significa adoração ou homenagem, devemos levar em consideração o contexto e pra quem se dirige as palavras. E como Cristo não é Deus, então não é adorado, mas sim homenageado assim como quando é usada essa palavra pra reis, magistrados etc.

    Foi Jesus e a bíblia que dizem que os verdadeiros adoradores são aqueles que adoram unicamente o Pai. (Leia João 4:22-24; Mateus 4:10; 1Cor 8:6)

    Você acredita em Jesus ou acredita nos homens que formularam essa doutrina satânica nos concílios humanos? Eu creio em Jesus e na bíblia.

    Curtir

  • Daniel Oliveira  On 9 de setembro de 2015 at 9:41

    Mário disse: “Quanto o espírito (Espírito Santo), Uma força ativa pode sentir ciúmes? (Tiago 4:5) Pode sentir tristeza? (Efésios 4:30) Pode pode falar,se fala tem boca,tem boca tem todo o resto,pode interceder? (Romanos 8:26-27) Se é apenas uma “força ativa” como tem esses “sentimentos”?”

    Resposta: Personificação meu amigo, uma figura de linguagem que atribui características humanas a seres inanimados. É como quando dizemos “Esse parafuso não quer entrar”, como se ele tivesse vontade própria.

    Como exemplo, a Bíblia também fala do vento como tendo vontade própria. (João 3:8) Fala da bíblia como instruindo e ensinando. (2 Tim 3:16) Esses são apenas exemplos de personificação, que também se aplica ao espírito santo.

    O motivo de a Bíblia atribuir várias ações pessoais ao espírito santo reside no fato do uso que Jeová e que Jesus fazem dele na realização do propósito divino.

    Quanto ao número de ações pessoais ao espírito santo, como ter sentimentos, por exemplo, esse não é um bom argumento, pois mais ações pessoais e sentimentos são atribuídas ao amor, embora ele não seja pessoa. (1 Cor. 13:4-7)

    Curtir

Comments in english allowed! Não serão permitidos comentários de opositores ou pessoas que querem debates sem fim. EVITE FUGIR DO TEMA DA PÁGINA OU FAZER flooding de informações. Isso é coisa de gente desonesta e que quer confundir. Discordar não é problema, mas fazer oposição com zombaria desrespeito e trollagem não são aceitos nesta página. Ao postar nesta página você estará concordando com isso! Não é permitido a participação de APÓSTATAS nos comentários desta página. Em outras palavras, críticas e discordâncias são aceitas e até mesmo postadas, mas não “espírito de oposição”. Isto se dá em vista do claro mandamento bíblico para que “os eviteis” Romanos 16:17. Outra coisa...tenho recebido comentários feitos com erros graves em quase toda linha e frase. NÃO POSTAREI. Tenha respeito por assuntos bíblicos.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s