O que dizem Eruditos sobre o Nome de Deus ?


A Encyclopaedia Judaica diz que “as pessoas passaram a evitar pronunciar o nome YHWH . . . devido a um mal-entendido em relação ao Terceiro Mandamento”. O terceiro dos Dez Mandamentos dados aos israelitas por Deus declara: “Não deves tomar o nome de Jeová, teu Deus, dum modo fútil, pois Jeová não deixará impune aquele que tomar seu nome dum modo fútil.” (Êxodo 20:7) Assim, o decreto de Deus contra o uso impróprio do seu nome foi distorcido e transformado numa superstição.

A prática comum de não usar o nome de Deus baseia-se unicamente em tradições humanas, não em ensinos bíblicos. “Não há nada na Torá que proíba a pessoa de pronunciar o Nome de Deus. De fato, nas Escrituras fica evidente que o Nome de Deus era pronunciado rotineiramente”, explica o pesquisador judaico Tracey R. Rich, que mantém um site na internet chamado Judaism 101. Realmente, nos tempos bíblicos os adoradores de Deus usavam o nome dele.

A maioria das versões da Bíblia em português seguiu a mesma prática de substituir o nome divino por termos como “Deus” ou “SENHOR”. É notável, porém, que a conhecida versão Almeida, na edição de 1748/53, usou o nome divino, na forma “Jehovah”, em muitas ocorrências nas Escrituras Hebraicas — quase 700 vezes só no livro dos Salmos.

Anúncios
Post a comment or leave a trackback: Trackback URL.

Comentários

  • ANTONIO MUNIZ  On 21 out 2013 at 19:47

    QUERUVIM, O QUE VOCE PODE DIZER DA PRONUNCIA “YAHUH” SUGERIDA POR ALGUNS ERUDITOS?

    Curtir

    • Queruvim  On 21 out 2013 at 20:55

      Muitos papiros em grego escritos no 2 º século, como por exemplo PISTIS SOFIA apresenta o nome de Deus na forma IAO. O que se aproxima desta pronúncia. Também podemos encontrar este sugestão de pronúncia ao analizarmos sufixos em alguns nomes bíblicos. Por exemplo IESHAYAHU, YrmiYAHU e vários outros. Contudo, podemos encontrar não somente esta forma como sendo a possível pronúncia original do Nome de Deus, há diversas sugestões de qual seria a mais correta pronuncia original de eruditos provenientes de diferentes escolas. Uma coisa temos certeza, a forma Jeová também aparece em escritos anteriores ao concílio de nicéia e é pouco conhecida por eruditos e outros, sendo ignorado até mesmo em obras de referência. Alguns dizem que “Jeová” é uma pronúncia tardia. Isso não é correto. A forma YAHUH contém apenas duas sílabas.Isso contradiz a mais recente pesquisa feita por eruditos, por exemplo, note o que disse Geroge Buchanan. “

      A forma original do nome divino era quase certamente três sílabas, não duas. Os dados acumulados apontam fortemente na direção de uma palavra de ”três sílabas

      “.

      – George W. Buchanan, Professor Emeritus do Novo Testamento em Wesley Theological Seminary na obra : “Some Unfinished Business With the Dead Sea Scrolls,” RevQ 13.49-52 (1988), 416

      Curtir

  • foxhound  On 21 out 2013 at 22:10

    queruvim quando você diz ( é pouco conhecida por eruditos e outros, sendo ignorado até mesmo em obras de referência. ) isto quer dizer o que? Que eles não conhecem no sentido pleno da palavra ou que ignoram por causa da introdução das vogais pelos massoretas e ai por isso eles acham que é um nome adulterado. é isso?

    Curtir

    • Queruvim  On 21 out 2013 at 22:24

      Tem se afirmado em publicações de referência e obras respeitadas que o Nome Jeová é uma sobreposição ao Tetragrama das vogais da palavra Adonai.Veja um exemplo na Encyclopedia Judaica (em inglês, volume 7, Jerusalém, Israel, Publishing House, 1971), que na página 680 declara:

      “Cedo na era da idade média, quando o texto consonantal da Bíblia foi suprido com pontos vocálicos para facilitar a leitura correta tradicional, os pontos vocálicos para Adonai com uma variação – um sheva com o primeiro yod de YHWH ao invés do hateph patah sob o Alef de Adonai, foram usados para YHWH, assim produzindo a forma YeHoWaH.”

      Ocorre que há escritos mais antigos que apresentam a forma Yeowah. Por exemplo o papiro abaixo é do 2º século!:

      CLIQUE AQUI

      O Léxico Brown-Driver-Briggs afirma de modo equivocado que a pronúncia “Jeová” era desconhecida até 1520, quando então foi introduzida por Galatinus (cujo nome completo era Pietro Colonna Galatino ), e que este defendia o uso da pronúncia “Jeová”. Ocorre, porém, que em 1270 na obra Pugio Fidei, de Raimundo Martini, o nome “Jeová” já aparecia.

      Curtir

  • Saga  On 22 out 2013 at 22:53

    Está na moda as teorias de que o Deus bíblico seria a evolução de conceitos pagãos [cananeus], os nomes “Jeová” (Yah, Yahweh) e “El” que a Bíblia Hebraica usa antigamente se referia a deidades cananeias.
    http://en.wikipedia.org/wiki/Yahweh_(Canaanite_deity)

    O que o irmão Queruvim acha dessas teorias?

    (Eu pessoalmente notei que certos achados na verdade quando analisados por datas demonstram o sincretismo que existia na época do profeta Elias entre Jeová e Baal com sua esposa Asherá, batendo na verdade com o que a Tanak diz)

    Curtir

    • QUERUVIM  On 23 out 2013 at 0:35

      O Discovery Channel fez alguns documentários falando sobre o Nome bem como acontecimentos relacionados com o antigo Israel e sempre procuram dar um ar pagão a adoração de Jeová. A princípio a tática de tentar rejeitar as histórias da Bíblia como sendo míticas não tem dado certo. Por exemplo a Estela de Tel Dan demonstrou sem sobra de dúvida que Davi realmente existiu.

      Antes de 1993, não havia evidência histórica fora da Bíblia de que Davi, o jovem e corajoso pastor que depois se tornou rei de Israel, realmente existiu. Mas, nesse ano, os arqueólogos descobriram no norte de Israel uma pedra de basalto , datada do nono século AEC, que, segundo peritos, contém as expressões “Casa de Davi” e “rei de Israel”.

      Ao observarem que a arqueologia e a história sempre se cruzam em autenticar a Bíblia, Satanás e seus demônios usam agentes humanos a fim de propagarem idéias visando dissuadir as pessoas da verdade. Promovem de um tempo para cá a idéia de que Jeová até que foi adorado, mas era um Deus tribal. O apóstolo cristão Paulo perguntou: “É ele somente o Deus dos judeus? Não o é também de pessoas das nações?” E qual foi a resposta mais do que clara de Paulo? “Sim, também de pessoas das nações.” (Romanos 3:29) A que Deus Paulo se referia? Bem, na mesma carta aos romanos, o nome Jeová aparece 19 vezes. O apóstolo, ao citar as palavras do antigo profeta hebreu Joel, salientou que não apenas os judeus mas “todo aquele que invocar o nome de Jeová será salvo”. — Romanos 10:13; Joel 2:32.

      Posteriormente vou escrever algo a respeito.

      Curtir

      • Saga  On 23 out 2013 at 2:43

        Será que palavras cananeias falando em YW ou YHW deve ser entendido como sendo o Deus hebreu? Digo isso porque vendo assim não são exatamente iguais a Yah, Yehowah, Yahowah ou Yahweh.

        [A Escritura nos fala do nome de quatro letras (YHWH) e da sua forma poética com duas (YH), mas eu pessoalmente desconheço essa combinação YW ou YWH. O termo grego “IAO” claramente é uma tentativa de expressar “YaHo” que se assemelha a uma abreviação como “YAH” ou “YAHOWAH” – que por sinal remete nos remete a terminação da expressão “aleluia”, que é usada no Apocalipse e mantem este hebraico “Yah” no final no próprio texto grego. De forma que percebo que acontece é de acadêmicos mal intencionados que são hostis ao relato bíblico escolherem justamente a opção mais polêmica entre as opções de tradução para achados com letras para “YW”, não vejo porque deve ser forçosamente referência ao Deus Hebreu, da mesma forma que “EL” pode ser referência a outro deus]

        Curtir

Comments in english allowed! Não serão permitidos comentários de opositores ou pessoas que querem debates sem fim. EVITE FUGIR DO TEMA DA PÁGINA OU FAZER flooding de informações. Isso é coisa de gente desonesta e que quer confundir. Discordar não é problema, mas fazer oposição com zombaria desrespeito e trollagem não são aceitos nesta página. Ao postar nesta página você estará concordando com isso! Não é permitido a participação de APÓSTATAS nos comentários desta página. Em outras palavras, críticas e discordâncias são aceitas e até mesmo postadas, mas não “espírito de oposição”. Isto se dá em vista do claro mandamento bíblico para que “os eviteis” Romanos 16:17. Outra coisa...tenho recebido comentários feitos com erros graves em quase toda linha e frase. NÃO POSTAREI. Tenha respeito por assuntos bíblicos. https://www.instagram.com/queruvimdefogo/

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s